Buscar
  • Marketing HLCAPS

Luteína, Zeaxantina com Vitaminas e Minerais

BENEFÍCIOS

A degeneração macular relacionada à idade (DMRI) atinge especialmente pessoas com mais de 60 anos e pode levar à acentuada perda da visão central, se não for tratada. Estima-se que aproximadamente 10% das pessoas entre 65 e 74 anos e cerca de 30% com mais de 75 anos tenham a doença no mundo. De acordo com o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 2,9 milhões de pessoas com mais de 65 anos sofrem com o problema no Brasil.




Luteína e Zeaxantina são os únicos carotenoides encontrados na região central da retina (mácula lútea), onde a acuidade visual é aguçada, por isso a importância dessas substâncias. Um estudo, coordenado pelos pesquisadores do Departamento de Oftalmologia da Harvard Medical School e do Medical College da Geórgia, demonstrou o importante papel da luteína e da zeaxantina na manutenção da distribuição celular do epitélio pigmentário da retina (RPE), responsável pelo bom funcionamento das células fotorreceptoras (cones e bastonetes). O descompasso no funcionamento deste complexo pode levar à degeneração das células e, consequentemente, à redução da acuidade visual. Luteína e a Zeaxantina atuam como filtros solares internos, protegendo a mácula ocular dos efeitos da luz ultravioleta. Os carotenoides aumentam a densidade do pigmento macular e atuam ainda como antioxidantes”.


Os médicos recomendam a prevenção como melhor tratamento para doenças, levando em conta a qualidade de vida dos pacientes. No caso da DMRI este conceito é ressaltado pela ausência de cura para essa doença que, se não tratada adequadamente, pode levar à cegueira.

Como todos os carotenoides, a luteína e a Zeaxantina não é produzida pelo corpo humano, sendo necessária ser ingerida com a dieta ou na forma de suplementos alimentares para apoio à saúde.


Vitamina C - Além de ser conhecida por fortalecer o sistema imunológico, essa vitamina contribui ativamente para prevenir problemas de visão que acontecem conforme envelhecemos, uma vez que esse nutriente não deixa acontecer a degeneração da mácula, parte da retina responsável pela percepção.


Vitamina E - Tendo uma função antioxidante, esta vitamina protege a membrana celular ao neutralizar determinados subprodutos nocivos do metabolismo, os radicais livres. Estes compostos de oxigênio desempenham um papel no desenvolvimento de várias doenças, tais como, a catarata e a degeneração macular.


Cobre - O cobre é um mineral considerado essencial para o organismo. Ele é um oligoelemento, elemento químico essencial para os seres vivos encontrado em baixa concentração nos organismos, porém de fundamental importância biológica.

O corpo humano não consegue produzir o cobre, ele é obtido por meio da alimentação.


Zinco - O zinco desempenha um papel fundamental na manutenção da visão, estando presente em altas concentrações nos olhos. A deficiência de zinco pode alterar a visão, prejudicando principalmente a saúde da retina (parte de trás do olho onde a imagem é formada).


Selênio - Às propriedades antioxidantes do Selênio ajuda a prevenir danos nas células causadas pelos radicais livres. Os radicais livres são produtos naturais do metabolismo do oxigênio que contribuem ao desenvolvimento de enfermidades.


  • Prevenção de doenças oculares relacionadas à idade;

  • Ação antioxidante;

  • Retarda o processo de envelhecimento precoce;

  • Fortalecimento do tecido ocular


Referências Bibliográficas

- Lutein and Zeaxantin – Alternative Medicine Review, 2005.

- STRINGHETA P. C., et al., Luteina propriedades antioxidants e beneficios a saude – Alim. Nutr. Araraquara pg 229-238- 2006.

- ZIMMER, J. P. et al. Possible influences of lutein and zeaxanthin on the developing retina. Clinical Opthalmology, 2007.

849 visualizações
HLCAPS INDÚSTRIA DE CÁPSULAS SOFTGEL © 2019.
Rua Santa Inês, 87 - Jardim Nova Era, Salto - SP, Brasil
Todos os direitos Reservados.
  • Facebook